Rádio

Novinho magrelo e sarado batendo punheta na web



Para esclarecer nossas dúvidas sobre este assunto, pedimos uma mãozinha para a Dra. Maria Helena Vilela, que é educadora sexual e diretora do Instituto Kaplan de Sexualidade. Se liga nos toques que ela deu pra gente desvendar alguns mitos:
1-) Causa espinhas no rosto
Com certeza, não. Essa história de causar espinhas é pura lenda. Também já ouvi dizer que masturbação pode gerar loucura e cegueira…nada disso! Pelo contrário, inclusive: a masturbação libera endorfina e provoca sensação de bem-estar pro organismo.
2-) Faz crescer pêlos nas mãos
Esse é um mito bem parecido com o primeiro e, com certeza, não condiz com a verdade. A masturbação em nada tem a ver com crescer pêlos nas mãos ou em qualquer outro lugar. Afirmações como esta já fazem parte do folclore que envolve o assunto.
3-) Aumenta o tamanho do pênis
Infelizmente para os meninos, essa é mais uma mentira. O tamanho do pênis é uma determinação genética e não sofre influência da masturbação. Não importa o quanto você se masturbe, o pênis não vai aumentar ou diminuir.
4-) Faz mal à saúde se fizer em excesso
Não. Na verdade, a masturbação é uma atividade sexual igual à transa e as conseqüências para o organismo são bem parecidas. Portanto, não existem malefícios para o corpo. Por outro lado, quando a pessoa deixa de fazer outras coisas apenas para se masturbar, aí a questão começa a ficar complicada.
5-) Masturbação vicia
Outra lenda. O que pode acontecer é que a pessoa cria um desejo compulsivo e, muitas vezes, deixa de fazer coisas importantes e abre mão de compromissos para ficar se masturbando. Aí, nesses casos, a pessoa precisa procurar ajuda. Mesmo assim, não chega a ser vício. É apenas sinal que a pessoa não consegue lidar direito com algo e passa a canalizar na masturbação. È como fuga. Funciona como busca de uma nova forma de prazer pra não lidar com algo que incomoda.
6-) Mulher não pode se masturbar
Claro que pode! A sociedade, ao longo da história, criou uma série de inibições para proibir a masturbação, tanto masculina quanto feminina. Houve uma época em que os meninos dormiam com anel de alfinete no pênis para não poder tocá-lo. Isso prova que o sexo foi e ainda é um grande tabu. As meninas tinham sempre que demonstrar inocência e não podiam ter vontade sexual. Depois de um tempo, isso melhorou um pouco e a masturbação passou a ser admitida nos homens, mas a mulher ainda sofre um pouco de preconceito. O que é preciso entender é que o desejo sexual existe tanto no homem quanto na mulher e que ambos têm vontade de se descobrir.
7-) É coisa só de adolescente
De jeito nenhum. Tanto adolescentes quanto adultos podem e devem se masturbar. O caso é que o adolescente tem maior curiosidade e o sexo, muitas vezes, ainda é uma novidade pra ele. Por este motivo, a masturbação nos jovens é um ato mais freqüente. Outra razão que leva os adolescentes a se masturbar é que, em geral, eles ainda não se têm um parceiro sexual definido e, toda vez que tiver vontade, eles têm que se resolver sozinho.
8-) É pecado?
Achar que masturbação não é pecado é um mito até difícil de lidar. O ato de masturbar-se é considerado um pecado, sim. A Igreja Católica não aceita nenhum tipo de relação sexual que não seja para fins de reprodução e, como já foi dito, a masturbação não deixa de ser um ato sexual. .
9-) Pode causar pedras nos mamilos
Essa é uma dúvida não muito freqüente, mas caracteriza outro mito importante. Existem homens que desenvolvem ginecomastia, que é uma doença de desenvolvimento acentuado das mamas e, muitas vezes, acham que é pela masturbação. Mas não existe essa relação. A ginecomastia tem origem em uma disfunção hormonal e também pode ser causada pelo excesso de gordura de mama.
10-) Apenas virgens sentem prazer na masturbação
De forma nenhuma. Muitos casais com anos de relação ainda sentem prazer com a masturbação e com outras formas de preliminares também. Quem ainda não iniciou a vida sexual com um parceiro só tem a masturbação como fonte de prazer, mas isso não quer dizer que apenas eles chegam ao êxtase com a masturbação.
Depois de nos ajudar a entender um pouco mais sobre o assunto, a doutora Maria Helena ainda falou sobre a importância do ato da masturbação. “Ela é importantíssima para que possamos descobrir nosso próprio corpo e a nossa própria sexualidade. É fundamental descobrimos aonde e como gostamos de ser tocados. Além disso, a masturbação é um ótimo momento para os jovens treinarem como se faz para colocar a camisinha”, declarou.
Agora já tá na hora de você se mexer e começar a se tocar, você não acha?

------------------------------->>>>Baixar video <<<<<---------------------------------





Comentários